CRESS-MA
INFORMAÇÕES
Tem live nesta quarta-feira, 24 de novembro! Vamos conversar?
23 de novembro de 2021
ASCOM CRESS/MA

 

FONTE: CFESS

 

Temática é sobre o cotidiano das assistentes sociais e o enfrentamento das violências contra as mulheres.

 

Card com fundo lilás traz a data do evento, 24 de novembro) e as fotos das palestrantes em círculos, com o nome de cada uma abaixo.

Arte: Rafael Werkema/CFESS

 

O CFESS promove nesta quarta-feira, dia 24 de novembro, às 19h30, a live “Cotidiano das assistentes sociais e o enfrentamento das violências contra as mulheres”. A atividade, em continuidade à série "Diálogos do Cotidiano", será aberta ao público e transmitida pelos canais do CFESS no Youtube (cfessvideos) e no Facebook (cfessoficial). O debate será conduzido pelas assistentes sociais Emilly Marques, conselheira do CFESS e trabalhadora do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), e Carolina Rocha, doutora em Sociologia e assessora política do CRESS-RJ.  

 

A ideia é debater o tema com a categoria, que poderá enviar perguntas pelo chat e também marcar o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher, 25 de novembro. A data de luta foi construída no seio do movimento feminista, no Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe, realizado em Bogotá (Colômbia) em 1981, em memória à resistência das irmãs Mirabal (Patria, Minerva e Antonia Maria), que foram presas e torturadas diversas vezes, porém nunca deixaram de lutar contra a ditadura e repressão. Em 2000, a Organização das Nações Unidas (ONU) inseriu a data em seu calendário oficial. 

 

Os dados demonstram a gravidade do assunto e a urgência do debate: segundo o dossiê Violência contra as Mulheres em Dados, da Agência Patrícia Galvão, para 87% da população, a pandemia fez com que a violência contra as mulheres aumentasse. Ainda segundo o documento, para além da triste realidade agravada com a pandemia, no Brasil, uma mulher é vítima de estupro a cada 10 minutos; três mulheres são vítimas de feminicídio a cada dia; uma travesti ou mulher trans é assassinada no país a cada dois dias, 39 mulheres sofrem agressão física por hora.  

 

Em uma categoria profissional composta em maioria por mulheres, assim como a maior parte da população usuária atendida, fica ainda mais nítido que refletir sobre formas de enfrentamento das opressões e explorações que sofrem as mulheres na sociedade é urgente e necessário. Levantamento preliminar do Recadastramento Nacional Obrigatório, realizado pelo Conjunto CFESS-CRESS entre 2016 e 2019, mostra que 92% da categoria de assistentes sociais são de mulheres (cisgêneros, transexuais e travestis). 

 

Durante a live, também ocorrerá o pré-lançamento da Campanha de Gestão CFESS-CRESS, com a temática "Mulheres: assistentes sociais contra o trabalho explorado, toda forma de opressão e em defesa da vida!”.

 

Participe! 

 
Live “Cotidiano das assistentes sociais e o enfrentamento das violências contra as mulheres” 
 
Quando: quarta-feira, 24 de novembro de 2021 
 
Horário: 19h30 (horário de Brasília) 
 
Onde: Nos canais do CFESS no Youtube e no Facebook

 

 

Conselho Regional de Serviço Social do Maranhão / CRESS-MA

Gestão "Nosso Nome é Resistência" – 2020/2023

Central - Agenda Permanente
AGENDA CRESS-MA
maio
D S T Q Q S S
 1   2   3   4   5   6   7 
 8   9   10   11   12   13   14 
 15   16   17   18   19   20   21 
 22   23   24   25   26   27   28 
 29   30   31 
SIGA O CRESS-MA